top of page

O que é Acupuntura?


A Acupuntura é uma modalidade terapêutica desenvolvida na China há mais de 5.000 anos. A palavra "Acupuntura" tem raízes profundas, derivando do latim "acum" (agulha) e "punctum" (picada ou punção). Em japonês, é conhecida como "Shin-Kyu," e em chinês, como "Zhen-Jiu." Notavelmente, em ambas as línguas asiáticas, esses termos também significam agulha e moxa, uma diferença notável em relação à tradução latina, que se concentra apenas na agulha.


Portanto, a Acupuntura é uma terapia milenar que utiliza agulhas, moxas e outros instrumentos para estimular a liberação de substâncias químicas no organismo. Essas substâncias possuem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, permitindo que a Acupuntura alivie dores e outros sintomas decorrentes de diversas doenças.


Ao longo dos anos, a Acupuntura provou ser uma terapia eficaz no tratamento de dores, mas suas aplicações não param por aí. Ela também se mostra benéfica no tratamento de doenças do sistema musculoesquelético, respiratórias, neurológicas e gastrointestinais. Além disso, a Acupuntura oferece suporte no tratamento da obesidade, depressão, estresse e afecções dermatológicas.


Vantagens da Acupuntura


A Acupuntura oferece inúmeras vantagens, tornando-a uma escolha atraente para muitos pacientes:


Alívio da Dor: Tem efeito analgésico. Ela pode aliviar dores crônicas e agudas, incluindo dores musculares, articulares, dores de cabeça, dores nas costas e dores relacionadas a condições como artrite e fibromialgia.


Redução do Estresse e Ansiedade: é eficaz na redução do estresse e ansiedade, ajudando a relaxar o sistema nervoso e equilibrar os níveis de hormônios relacionados ao estresse.


Melhora do Sono: Melhora a qualidade do sono, ajudando a combater a insônia e outros distúrbios do sono.


Fortalecimento do Sistema Imunológico: Fortalece o sistema imunológico, tornando o corpo mais resistente a infecções e doenças.


Melhora da Circulação: A estimulação de pontos de Acupuntura melhora a circulação sanguínea, contribuindo para a saúde cardiovascular.


Alívio de Enxaquecas e Cefaleias: É eficaz no tratamento de enxaquecas e cefaleias, reduzindo sua frequência e intensidade.


Melhora da Digestão: Alivia distúrbios gastrointestinais, como a síndrome do intestino irritável (SII) e a azia, melhorando a função digestiva.


Suporte no Tratamento de Doenças Crônicas: É frequentemente usada como parte do tratamento complementar para condições crônicas, como hipertensão, diabetes, asma e outros distúrbios crônicos.


Melhora do Equilíbrio Emocional: Auxilia no gerenciamento de condições de saúde mental, como depressão e transtorno de ansiedade.


Bem-Estar Geral: Aumento geral no bem-estar, incluindo uma sensação de relaxamento e equilíbrio.


Abordagem Holística: Trata não apenas os sintomas, mas também a causa subjacente das condições de saúde, adotando uma abordagem holística.


Baixos Efeitos Colaterais: Em comparação com muitos tratamentos medicamentosos, a Acupuntura tende a ter poucos efeitos colaterais.


Personalização: Os tratamentos de Acupuntura são personalizados para atender às necessidades individuais de cada paciente, garantindo um tratamento adaptado.


A Acupuntura não apenas alivia a dor, mas também atua na redução de espasmos e contraturas musculares, resultando em um aumento na amplitude de movimento.


Ampla Aplicação da Acupuntura


De acordo com a medicina tradicional chinesa, a Acupuntura pode tratar cerca de 300 doenças. Na maioria das vezes, a Acupuntura é praticamente indolor devido ao uso de agulhas extremamente finas, até 10 vezes mais finas do que as agulhas de injeção comuns.


Em raras situações, pode ocorrer uma sensação transitória de choque elétrico e leve dor após a inserção da agulha, o que é considerado normal e indicativo da aplicação correta do ponto, estimulando terminações nervosas locais.


Como é a consulta de Acupuntura na Clínica Okada Sartório?


Em uma consulta de Acupuntura, o paciente passa por uma avaliação clínica abrangente, incluindo histórico médico, características da dor, localização, intensidade, medicações em uso e antecedentes pessoais e familiares. Além disso, um exame físico também pode ser realizado.


Em alguns casos, exames complementares, como raios-X, ultrassonografia ou ressonância magnética, podem ser solicitados para auxiliar no diagnóstico.


É essencial compreender que a Acupuntura vai além da simples aplicação de agulhas; é uma terapia holística, considera um sistema como um todo, em vez de analisar suas partes individualmente.


Após realizado a avaliação, o médico acupunturista seleciona os pontos específicos e individualizados de cada paciente. O paciente é deitado em uma maca massageadora com temperatura ambiente aquecida de forma adequada.


Primeiramente as agulhas são inseridas em uma profundidade que varia de 0,5 a 2cm, então o paciente permanece deitado, relaxando, ao som de uma seleção de áudio personalizada durante um período de 30 minutos. Recomenda-se que o paciente não se mova bruscamente durante a sessão, para evitar desconfortos.


Além da aplicação de agulhas, o Acupunturista poderá também utilizar de outros recursos da Medicina Chinesa, como laser ou eletroacupuntura, para otimização dos resultados.


Em geral, se espera um resultado favorável já na primeira sessão. Nas sessões seguintes, a estratégia de tratamento pode ser sempre reavaliada e atualizada.


Duração e Frequência do Tratamento


A duração do tratamento varia conforme o estado clínico do paciente e a natureza da doença. Geralmente, recomenda-se de uma a duas sessões por semana, com a possibilidade de ajustar a frequência à medida que a condição melhora. De cinco a dez sessões são frequentemente indicadas.


A Acupuntura é uma opção terapêutica que não possui contraindicações significativas e é adequada para pacientes de todas as idades. Ela oferece um caminho para o alívio da dor e o tratamento de uma ampla gama de condições, com benefícios notáveis e poucos efeitos colaterais.


Conversar com um médico sobre a possibilidade de tratamento de Acupuntura pode abrir portas para uma abordagem integrada à sua saúde e bem-estar.


Qual é o mecanismo de ação da Acupuntura?


Em primeiro lugar, a inserção de agulhas em pontos específicos do corpo durante uma sessão de Acupuntura estimula as terminações nervosas, o que leva à liberação de neurotransmissores, como endorfinas, que são os analgésicos naturais do corpo. Esse processo ajuda a reduzir a percepção da dor e a promover uma sensação de bem-estar.


Além disso, a Acupuntura tem sido associada a alterações no fluxo sanguíneo, tanto local quanto sistêmico, o que pode facilitar a entrega de nutrientes e oxigênio aos tecidos, promovendo a cura e a regeneração.


Do ponto de vista da medicina tradicional chinesa, a Acupuntura visa equilibrar o fluxo de energia vital, ou "Qi", ao longo dos meridianos do corpo. Essa teoria sugere que desequilíbrios no Qi podem levar a doenças, e a estimulação dos pontos de acupuntura ajuda a restaurar esse equilíbrio.


Além disso, a Acupuntura pode influenciar o sistema nervoso central, afetando a percepção da dor e regulando as respostas do corpo ao estresse. Essa abordagem holística pode ser eficaz no tratamento de uma variedade de condições, desde dores crônicas até problemas de ansiedade e sono.


Conclusão


Em resumo, a acupuntura é uma prática milenar que se baseia na estimulação de pontos específicos do corpo para promover o equilíbrio da energia vital, ou "Qi". Ao longo do artigo, exploramos sua história, princípios, técnicas e benefícios.


Concluímos que a acupuntura é uma terapia complementar eficaz, amplamente utilizada em todo o mundo para tratar uma variedade de condições, aliviando dores e melhorando o bem-estar. Sua crescente aceitação na medicina convencional destaca a importância de entender e apreciar essa prática ancestral.


A acupuntura, ao integrar a sabedoria tradicional com a ciência moderna, oferece um caminho promissor para o tratamento holístico da saúde e o bem-estar dos pacientes.



Referências
HARVARD HEALTH PUBLISHING. Acupuncture: What Do We Know? Harvard Health Publishing, 2021. https://hms.harvard.edu/news/exploring-science-acupuncture

Zhang, W., Wang, J., Li, L., & Meng, Q. (2022). Acupuncture: a review of the evidence for its effectiveness. Cochrane Database of Systematic Reviews, 2022(1), CD012183.

Seem, M., & Borenstein, D. (2022). Acupuncture: A Comprehensive Guide. Elsevier, Philadelphia, PA.

Comentarios


Post: Blog2 Post
whatsapp-icone-2.png
bottom of page