top of page

O que é Cervicalgia? Quais as causas, sintomas e tratamento?

Atualizado: 6 de mar.



O que é cervicalgia?


O termo grego “algia” tem seu significado relacionado à dor, dessa forma, cervicalgia é considerada uma enfermidade caracterizada pela dor que incide na cervical, principalmente na região da nuca.

Cervicalgia é um tipo de dor cervical que pode resultar de uma série de causas diferentes. As dores cervicais afetam 30% de homens e 43% de mulheres em algum momento de suas vidas, sendo também uma queixa que afasta um grande número de trabalhadores de suas atividades laborais.


Resulta em perda na produtividade importante em certas ocupações e a maior predisposição de lesão associa-se a certos tipos de atividades (trabalhos que envolvam movimentos repetitivos de membros superiores e flexão da coluna cervical) e à idade. A cervicalgia afeta cerca de 50% das pessoas em todo o mundo.

A causa mais comum de cervicalgia é a tensão muscular. Isso pode ser devido a movimentos repetitivos, ou períodos prolongados de sentado ou em pé em uma posição.


Existem outras causas possíveis, por exemplo, uma posição errada ao dormir, tensão e estresse do cotidiano, contração muscular do pescoço ao levantar muito peso, má postura no trabalho, inflamação, infecção, uso por períodos prolongados de celular e também alterações degenerativas na coluna como osteoartrose ou doença degenerativa do disco, Estenose espinhal (estreitamento do canal espinhal), Hérnia de discos e Compressão nervosa.


A cervicalgia pode evoluir de forma aguda (curta duração) ou crônica (isto é, igual ou superior a 3 meses). As dores na região cervical podem ser com ou sem irradiação para diversas regiões, como nuca, occipital, vértex, região dorsal, ao longo da coluna vertebral ou mesmo para o ombro ou membro superior.


Quais os sintomas?

  • Dor ou rigidez no pescoço;

  • Dores de cabeça;

  • Dor que se irradia para os ombros ou braços;

  • Espasmos musculares;

  • Dificuldade para mover a cabeça ou o pescoço

  • Formigamento para ombros e braços

  • Náusea

Como é diagnosticada a cervicalgia?


Na maioria dos casos, a cervicalgia pode ser diagnosticada com base no histórico clínico, no exame físico e exames como Raios-x, Ressonância magnética, Tomografia computadorizada e EMG (eletromiograma).


Cervicalgia de acordo com a Medicina Chinesa


Para a Medicina Tradicional Chinesa os processos de dor têm origem primária nas alterações energéticas dos diferentes canais de energias que passam pela região cervical.


Geralmente o Frio, Umidade e Vento, é o início do processo de adoecimento da região cervical, iniciando-se por desequilíbrio muscular paravertebral dessa região, originando-se algias que em geral se manifestam por contraturas musculares, piorando o quadro álgico.


Segundo a Medicina Chinesa, a causa mais comum de dor ou rigidez no pescoço é a retenção de Vento e umidade nos músculos do pescoço; é um tipo de Síndrome de Obstrução Dolorosa. É muito comum nos climas frios e úmidos e varia com o tempo.


Outra causa comum de dor ou rigidez no pescoço é a estagnação do Qi do Fígado, normalmente decorrente de estresse, frustração e ressentimento guardado. A condição surge e desaparece de acordo com o humor e não é afetada pelo tempo.


A ascensão do Yang do Fígado ou vento do Fígado também pode causar dor ou rigidez no pescoço e essa situação é mais comum nos idosos; está com frequência, mas não necessariamente, associada com hipertensão.


A causa menos comum de rigidez ou dor branda no pescoço é uma deficiência de Rim, com o Yang do Rim incapaz de nutrir o canal da Bexiga no pescoço. Essa situação causa apenas rigidez crônica e, novamente, é observada normalmente em pessoas idosas.


Como Acupuntura pode tratar a cervicalgia?


A Medicina Tradicional Chinesa constitui um vasto campo de conhecimento, abrangendo vários setores ligados à saúde e à doença. Suas concepções são voltadas muito mais ao estudo dos fatores causadores da doença, a sua maneira de tratar, conforme os estágios de evolução do processo de adoecer, e, principalmente, aos estudos das formas de prevenção, na qual reside toda a essência da filosofia e da medicina chinesa.


A Acupuntura visa restabelecer a circulação da energia (Qi) nos canais de Energia e dos Órgãos e das Vísceras e, com isso, levar o corpo a uma harmonia de energia e de matéria, reequilibrando o organismo.


Os principais mecanismos pelos quais a Acupuntura pode ser eficaz no tratamento da cervicalgia são:


  1. Estimulação de Pontos de Acupuntura: Durante uma sessão de acupuntura, agulhas finas são inseridas em pontos específicos do corpo, chamados de pontos de acupuntura. A estimulação desses pontos pode promover o fluxo de energia vital (Qi) e sangue, aliviando o bloqueio ou estagnação que pode estar contribuindo para a dor no pescoço.

  2. Alívio da Tensão Muscular: A cervicalgia muitas vezes está relacionada à tensão muscular no pescoço e nos ombros. A acupuntura pode relaxar os músculos tensos, reduzindo a dor e a rigidez. Isso é alcançado através da estimulação de pontos de acupuntura relevantes.

  3. Liberação de Endorfinas: A acupuntura pode estimular a liberação de endorfinas, que são os analgésicos naturais do corpo. Isso pode ajudar a reduzir a sensação de dor e promover uma sensação geral de bem-estar.

  4. Melhoria na Circulação Sanguínea: A acupuntura pode melhorar o fluxo sanguíneo para a área afetada, o que ajuda na cicatrização de tecidos danificados e na redução da inflamação.

  5. Equilíbrio Energético: A acupuntura visa restaurar o equilíbrio energético no corpo. Se houver um desequilíbrio subjacente que contribua para a cervicalgia, a acupuntura pode ajudar a corrigi-lo.


A Acupuntura é capaz de reparar tecidos moles (nervos, músculos, tendões, ligamentos, cápsulas articulares e fáscias musculares) lesados e restaurar a função articular. A inserção de agulhas de Acupuntura também desacelera o processo degenerativo em casos de artrite. O alivio da dor é obtido pelo equilíbrio homeostático e pela cura dos tecidos moles na maioria dos casos, enquanto o alívio imediato da dor quase sempre acorre antes mesmo da cicatrização dos tecidos.


A Acupuntura é eficaz no alívio imediato da dor, atuando diretamente no corpo e indiretamente em todo o organismo. A Acupuntura não envolve o uso de medicamentos e é uma técnica segura, ativando mecanismos de autocura do paciente e promovendo a cicatrização dos tecidos, resultando no alívio da dor. Portanto, a Acupuntura é eficaz no tratamento da cervicalgia.



Referências:

Autor: Lee, J. H., Choi, T. Y., Lee, M. S., Lee, H., Shin, B. C., & Ernst, E. (2013). Acupuncture for acute low back pain: a systematic review. The Clinical Journal of Pain, 29(2), 172-185.

Autor: Lee, J. H., Choi, T. Y., Lee, M. S., Lee, H., Shin, B. C., & Ernst, E. (2013). Acupuncture for acute low back pain: a systematic review. The Clinical Journal of Pain, 29(2), 172-185.

Autor: Lee, J. H., Choi, T. Y., Lee, M. S., Lee, H., Shin, B. C., & Ernst, E. (2013). Acupuncture for acute low back pain: a systematic review. The Clinical Journal of Pain, 29(2), 172-185.

Comments


Post: Blog2 Post
whatsapp-icone-2.png
bottom of page